Noções básicas de Linux – Set A Static IP On CentOS

Linux Basics – Set A Static IP On CentOS

Version 1.0

Este tutorial explica a configuração de um endereço IP estático (IPv4 e IPv6), o nome da máquina e os servidores de nomes no CentOS. Para ser compatível com os Sistemas Desktop e Servidor, fazemos a configuração na shell.

1 Nota Preliminar

Suponha que está a trabalhar num centro de dados & o seu chefe coloca uma configuração mínima do servidor CentOS & precisa de o configurar no ambiente de execução. Sim, é uma tarefa pouco meticulosa, mas não muito difícil. No meu caso tenho um servidor CentOS mudo que foi instalado por alguém no seu ambiente de rede & quero torná-lo funcional no meu ambiente IP estático. Suponha que eu tenho um IP 192.168.0.100 & Vou implementá-lo no meu ambiente. Os detalhes do meu IP são os seguintes:

IPv4

  • endereço IP: 192.168.0.100
  • li>Subrede: 255.255.255.0li>Gateway: 192.168.0.1

IPv-6

  • endereço IP: 2001:db8::c0ca:1eaf
  • li>Máscara de rede 64li>Gateway 2001:db8::1ead:ed:beef

DNS resolvendo nameservers

  • Nameserver 1: 8.8.8.8
    /li>
  • Nameserver 2: 8.8.4.4

Os valores acima indicados têm de ser ajustados para o seu ambiente de rede local. Apenas os nameservers resolving FNS podem ser utilizados na maioria das redes, uma vez que estes endereços IP pertencem aos nameservers públicos do Google.

2 Implementação

Faço uma edição de ficheiro de configuração com o editor como o vi. Mas pode utilizar qualquer outro editor de shell como o nano ou o joe em vez disso. O nome do ficheiro para a primeira placa de rede (eth0) é /etc/sysconfig/network-scripts/ifcfg-eth0

Faço primeiro uma cópia de segurança do meu ficheiro original como /etc/sysconfig/network-scripts/ifcfg-eth0.bak & depois proceder às alterações em /etc/sysconfig/network-scripts/ifcfg-eth0

mv /etc/sysconfig/network-scripts/ifcfg-eth0.bak

vi /etc/sysconfig/network-scripts/ifcfg-eth0

I mudará o ficheiro desta forma:

#My IP description# IPv-4DEVICE="eth0"NM_CONTROLLED="yes"ONBOOT=yesHWADDR=20:89:84:c8:12:8aTYPE=EthernetBOOTPROTO=staticNAME="System eth0"UUID=5fb06bd0-0bb0-7ffb-45f1-d6edd65f3e03IPADDR= 2001:db8::c0ca:1eafNETMASK=255.255.255.0

Só as Linhas IPADDR e NETMASK têm de ser ajustadas. Não altere as outras linhas.

Para IPv6 Só tem de adicionar as entradas abaixo:

vi /etc/sysconfig/network

NETWORKING_IPV6=yes

vi /etc/sysconfig/network-scripts/ifcfg-eth0

#IPv-6IPV6INIT=yesIPV6ADDR=2001:db8::c0ca:1eafIPV6_DEFAULTGW=2001:db8::1ead:ed:beef

3 configuração DNS

DNS pode ser adicionado no ficheiro /etc/resolv.conf
p>vi /etc/resolv.conf

nameserver8.8.8.8nameserver8.8.4.4

br>>Pode adicionar 2 ou mais linhas namserver. O seu sistema tentará as outras no caso do primeiro servidor de nomes não ser acessível.

4 Hostname

No meu caso o hostname é server1.example.com para definir o hostname, eu editarei o ficheiro /etc/hosts:

vi /etc/hosts

127.0.0.1 localhost localhost.localdomain localhost4 localhost4.localdomain4192.168.0.100 server1.example.com server1::1 localhost localhost.localdomain localhost6 localhost6.localdomain6

e a resolução.conf file:

vi /etc/resolv.conf

NETWORKING=yesHOSTNAME=server1.example.comGATEWAY=192.168.0.1

e reiniciar o servidor.

reboot

Check your hostname with the command below. O novo hostname será aplicado apenas após o reboot

hostname

5 Rede avançada e interfaces de rede virtual

Estou a utilizar o CentOS Linux e gostaria de criar um pseudónimo para eth0:0 de modo a poder ter múltiplos endereços IP. Vou implementar criando um ficheiro da seguinte forma:

vi /etc/sysconfig/network-scripts/ifcfg-eth0:0

#IP Aliasing
DEVICE="eth0:0"BOOTPROTO="static"
HWADDR=20:89:84:c8:12:8aNM_CONTROLLED="no"ONBOOT="yes"TYPE="Ethernet"IPADDR=192.168.0.108NETMASK=255.255.255.0GATEWAY=192.168.0.1DNS1=8.8.8.8DNS1=8.8.4.4

Aqui que fiz o alias IP para o IP 192.168.0.108, ele pode variar de acordo com os seus requisitos.

6 Serviços

Após qualquer alteração nos ficheiros de rede, terá de reiniciar os serviços de rede da seguinte forma:
p>/etc/init.d/network restart
Após o reinício do serviço pode verificar as alterações como:
p>ifconfig

A saída confirmará as alterações feitas estaticamente. Será quase semelhante a isto:

[email protected]:~# ifconfig
eth0 Link encap:Ethernet HWaddr 20:89:84:c8:12:8a
inet addr:192.168.0.100 Bcast:192.168.0.255 Mask:255.255.255.0
inet6 addr: 2001:db8::c0ca:1eaf/64 Scope:Link
UP BROADCAST RUNNING MULTICAST MTU:1500 Metric:1
RX pacotes:200197 erros:0 dropped:67 overruns:0 frame:0
TX pacotes:69689 erros:0 dropped:0 overruns:0 carrier:0
collisions:0 txqueuelen:1000
RX bytes:64103748 (64.1 MB) TX bytes:14106191 (14.1 MB)
eth0:0 encap:Ethernet HWaddr 20:89:84:c8:12:8a
inet addr:192.168.0.108 Bcast:192.168.0.255 Máscara:255.255.255.0
UP BROADCAST RUNNING MULTICAST MTU:1500 Metric:1

lo Link encap:Local Loopback
inet addr:127.0.0.1 Máscara:255.0.0.0
inet6 addr: ::1/128 Scope:Host
UP LOOPBACK RUNNING MTU:65536 Metric:1
RX pacotes:10365 erros:0 dropped:0 overruns:0 frame:0
TX pacotes:10365 erros:0 dropped:0 overruns:0 carrier:0
collisions:0 txqueuelen:0
RX bytes:875114 (875.1 KB) TX bytes:875114 (875.1 KB)
br>

Nota Os valores acima serão diferentes no seu caso.

Linux Basics – Set A Static IP On CentOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *